“Os homens dizem amar a liberdade, mas, de posse dela, são tomados por um grande medo e fogem para abrigos seguros. A liberdade dá medo. Os homens são pássaros que amam o voo, mas têm medo dos abismos. Por isso abandonam o vôo e se trancam em gaiolas.
 
 
 

Somos assim: sonhamos o voo mas tememos a altura.Para voar é preciso ter coragem para enfrentar o terror do vazio. Porque é só no vazio que o voo acontece.O vazio é o espaço da liberdade, a ausência de certezas. Mas é isso o que tememos: o não ter certezas.Por isso trocamos o vôo por gaiolas. As gaiolas são o lugar onde as certezas moram.”

Dostoiévski, em (Os irmãos Karamazóv)